International Dialogues 2015

O ano de 2015 foi marcado pelo sucesso de nossa série International Dialogues in Constitutional Law. Uma vez por mês, tivemos o prazer de trocar ideias com acadêmicos de todo o mundo sobre poder constituinte, constitucionalismo global, participação das mulheres na política, formas de indicação de juízes de cortes constitucionais, direitos sociais, argumentação jurídica, desobediência civil e ativismo judicial. Gostaríamos de agradecer ao nosso público, que encheu o Auditório do Primeiro Andar da Faculdade de Direito da USP em todos os eventos e também, claro, aos nossos convidados, Fernando Atria, Kimberley Brownlee, Uwe Kischel, Matthias Klatt, Mona Krook, Kai Möller, Gabriel Negretto e Shylashri Shankar. Em 2016, a história continua.

Virgílio Afonso da Silva e Conrado Hübner Mendes

Acesse aqui a programação de 2015.

Acesse aqui a programação de 2016.

Uwe Kischel: The Election of German Constitutional Court Justices in Comparative Perspective

Uwe Kischel, da Universität Greifswald, na Alemanha, esteve na Faculdade de Direito da USP para discutir seu artigo Party, pope, and politics? The election of German Constitutional Court Justices in comparative perspective, publicado no International Journal of Constitutional Law [ICON, grátis]. Após a palestra, muitas perguntas enfatizaram a experiência brasileira como um contraponto ao argumento de Kischel, que contrapõe o modelo alemão ao conhecido modelo dos EUA, em que o modelo brasileiro é baseado.

Kai Möller: The Global Model of Constitutional Rights

Kai Möller, professor na London School of Economics, participou de dois eventos. Em 14.abr, seu texto From Constitutional to Human Rights: On the Moral Structure of International Human Rights foi objeto de debate com os integrantes do grupo e outros estudantes de pós-graduação. Em 15.abr, Möller apresentou uma palestra sobre seu livro The global model of constitutional rights (Oxford, 2012). O professor Virgílio Afonso da Silva fez críticas à obra em recente artigo [SSRN], que o autor abordou em uma resposta [PDF].